Paperlist

Cinco lugares em São Paulo para se exercitar ao ar livre

A cidade oferece desde espaços para corrida até rapel e trekking.

São Paulo é cheia de opções de arte, cultura, vida noturna e gastronomia, mas muitas vezes esquecemos que a cidade também oferece uma muitas opções de programas para os que amam atividades ao ar livre. O município conta com 106 parques, sem falar de todas as praças e até reservas ambientais com trilhas e cachoeiras.

Pensando em quem ama praticar atividades ao ar livre, listamos 5 opções de lugares em São Paulo. Confira:

REPRESAS

A Zona Sul de São Paulo guarda duas grandes represas: Guarapiranga e Billings. Ambas estão cercadas por clubes e empresas especializadas em esportes aquáticos que incentivam o uso do espaço. Uma das atividades é o popular stand up paddle, além de canoa, windsurf e muito mais!

PARQUES

São Paulo tem uma grande quantidade de parques espalhados por toda a sua extensão, alguns muito conhecidos, como o Ibirapuera, em Moema, o Villa-Lobos, no Alto de Pinheiros, ou o Parque do Carmo, em Itaquera. Todos eles contam com ótimos espaços para corrida e caminhada, bem como ciclismo, skate, basquete, vôlei e até musculação.

POLO DE ECOTURISMO DE SÃO PAULO

Localizado no extremo sul da cidade de São Paulo, o Polo de Ecoturismo de São Paulo guarda a mais conservada área renascente de Mata Atlântica do município, nos distritos de Palheiros e Marsilac. Ao longo de sua extensão, podemos encontrar rios e cachoeiras onde é possível praticar esportes radicais como o rafting, a tirolesa e o rapel, além de muitas trilhas.

CICLOVIAS

São Paulo está cheia de ótimas ciclovias que ligam o centro a algumas das demais regiões da cidade. A Avenida Paulista e a região de Pinheiros são os melhores lugares para praticar o ciclismo – elas são mais planas que a região da Sumaré, por exemplo. Por lá, as ciclovias também são mais espaçosas e sinalizadas.

VIADUTO SUMARÉ E MIRANTE NOVE DE JULHO

Quem gosta de se aventurar em esportes mais radicais também encontra opções não muito longe do centro da cidade. É possível praticar rapel no Viaduto Sumaré, na estação Sumaré da Linha 2-Verde e no Mirante 9 de Julho, atrás do Masp.