Papernews

OS PEQUENOS MUNDOS DE PETER CSAKVARI

O fotógrafo húngaro possui grande parte do seu portfólio concentrado em trabalhos com comida e alimentos, mas decidiu sair da zona de conforto utilizando outros materiais. Confira!

Olhar para o interior da cápsula de um comprimido e imaginar bolas de golfe, ou para a pia de um lavatório e tentar recriar a cena de um crime? Não é um tipo de criatividade normal para qualquer pessoa, mas são este tipo de ideias que têm levado Péter Csákvári a receber vários comentários positivos com os seus trabalhos, em que ele coloca objetos da rotina diária em cenários minimalistas.

Numa galeria de imagens surpreendentes, o fotógrafo húngaro, natural de Budapeste, tem grande parte do seu portfólio concentrado em trabalhos com comida e alimentos, mas decidiu sair da zona de conforto utilizando outros materiais. “Tiro muitas fotografias com as minhas lentes macro, mas nunca usei a função macro. Quando encontrei estes pequenos bonecos na internet comecei a ver pequenos mundos com cada um deles à minha volta”, revelou Péter no site “Bored Panda“.

Num trabalho fotográfico chamado “Tiny Wasteland”, “A Pequena Terra do Desperdício” em tradução livre, o artista pega em objetos como um maço de tabaco ou um saco de farinha e os coloca numa realidade totalmente diferente, quer seja um funeral, uma obra em andamento ou um caso de homicídio de uma mosca. Confira o trabalho do artista na galeria abaixo!